quarta-feira, 29 de agosto de 2012



Corpo e Dança (Experimentações)


"Dançar é se superar." Nietzsche

A dança envolve a perda de si mesmo e abre para outras possibilidades, desviando o olhar de nós mesmos.

"Eu", produto moral, a dança é o contrário disso. Afastando-nos da prisão do "eu" e abre a experiência real de si.
Devemos dançar com os pés, idéias e palavras.
Se dançar é uma ação política, se dançar é vida, vida é incomodo, movimento, provocação, tempo. Vida é tempo.
Sendo a dança - vida e vida também é corpo, nosso corpo nada tem a ver com o ideal, o corpo é o inesperado. O Corpo é vivo, tudo que é vivo é contraditório. O corpo é caos. O corpo é falha. O Corpo é risco.

* música retirada do youtube e usada só para experimentações de dança.
video

sábado, 18 de agosto de 2012